Notícias
Todas
Governo
Geral
Economia
Esportes
Cultura
Sala de Imprensa
 
Institucional
Perfil do Governador
Perfil do Vice-Governador
 
Intranet

  Buscar notícias:
 

Arquivo de Notícias
 



Portal da Transparência de SC

Pesquisadores recebem R$ 600 mil da Fatma e da Fapesc para produzirem conhecimento nas unidades de conservação estaduais


Florianópolis (2/8/2012)

A Fundação do Meio Ambiente – Fatma, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina – Fapesc, repassou nesta quinta-feira, 2, os recursos aos pesquisadores selecionados na primeira chamada pública de apoio financeiro para fomento de projetos de pesquisa científica em Unidades de Conservação Estaduais administradas pelo órgão ambiental estadual. Os recursos vão beneficiar pesquisadores residentes no Estado que apresentaram propostas para obtenção e tiveram seus projetos aprovados.

A seleção pública de Apoio a Projetos de Pesquisa Científica em Unidades de Conservação recebeu 46 projetos, dos quais 12 foram pré-selecionados para receberem apoio financeiro. Todas as Unidades de Conservação foram contempladas com os projetos, que irão abordar temas diversos nas dez unidades. “Nossa expectativa é que a contribuição das pesquisas possa melhorar a qualidade dos planos de manejo das nossas unidades de conservação, além de aprofundar o conhecimento da biodiversidade catarinense e gerar pesquisa aplicada”, avaliou o presidente da Fundação do Meio Ambiente, Murilo Flores.

Veja quais foram os projetos selecionados

O gerente de Pesquisa e Avaliação da Qualidade Ambiental da Fatma, Haroldo Tavares Elias, reforçou o caráter inédito da iniciativa. Ele ressalta tratar-se de um novo posicionamento da Fundação quanto à questão ambiental e a necessidade de desenvolver estudos e pesquisa para desenvolver conhecimento da biodiversidade destas áreas preservadas.

Dentre os selecionados está um diagnóstico ambiental das áreas pertencentes ao Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, como subsídio para elaboração de seu plano de manejo; a avaliação da conectividade de fragmentos de florestas ombrófilas; avaliação da conservação da biodiversidade em UCs no Oeste Catarinense; diversidade e biogeografia de fungos e bactérias, avaliação da diversidade e seleção de rizóbio para leguminosas nativas e diversidade de algas; estudos da dinâmica da evolução dos ecossistemas de restinga no Parque Estadual do Rio Vermelho como subsídio para restauração ambiental, dentre outros.

Durante o evento, os selecionados receberam o termo de outorga de apoio financeiro ao projeto de pesquisa cientifica e tecnológica, que estabelece o plano de custeio e os recursos contratados, repassados em parcela única, além do cronograma de trabalho.

Lançada no primeiro semestre deste ano, a Chamada Pública Fapesc/Fatma Nº 02/2012, teve como tema a valorização da Biodiversidade Catarinense: Unidades de Conservação dentro do Programa Biodiversidade do Estado de Santa Catarina.

Informações adicionais:
Thiago Santaella
Secretaria de Estado de Comunicação
E-mail: thiago@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 9145-6761

A Fundação do Meio Ambiente – Fatma, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina – Fapesc, repassou nesta quinta-feira, 2, os recursos aos pesquisadores selecionados na primeira chamada pública de apoio financeiro para fomento de projetos de pesquisa científica em Unidades de Conservação Estaduais administradas pelo órgão ambiental estadual. Os recursos vão beneficiar pesquisadores residentes no Estado que apresentaram propostas para obtenção e tiveram seus projetos aprovados.

A seleção pública de Apoio a Projetos de Pesquisa Científica em Unidades de Conservação recebeu 46 projetos, dos quais 12 foram pré-selecionados para receberem apoio financeiro. Todas as Unidades de Conservação foram contempladas com os projetos, que irão abordar temas diversos nas dez unidades. “Nossa expectativa é que a contribuição das pesquisas possa melhorar a qualidade dos planos de manejo das nossas unidades de conservação, além de aprofundar o conhecimento da biodiversidade catarinense e gerar pesquisa aplicada”, avaliou o presidente da Fundação do Meio Ambiente, Murilo Flores.

Veja quais foram os projetos selecionados

O gerente de Pesquisa e Avaliação da Qualidade Ambiental da Fatma, Haroldo Tavares Elias, reforçou o caráter inédito da iniciativa. Ele ressalta tratar-se de um novo posicionamento da Fundação quanto à questão ambiental e a necessidade de desenvolver estudos e pesquisa para desenvolver conhecimento da biodiversidade destas áreas preservadas.

Dentre os selecionados está um diagnóstico ambiental das áreas pertencentes ao Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, como subsídio para elaboração de seu plano de manejo; a avaliação da conectividade de fragmentos de florestas ombrófilas; avaliação da conservação da biodiversidade em UCs no Oeste Catarinense; diversidade e biogeografia de fungos e bactérias, avaliação da diversidade e seleção de rizóbio para leguminosas nativas e diversidade de algas; estudos da dinâmica da evolução dos ecossistemas de restinga no Parque Estadual do Rio Vermelho como subsídio para restauração ambiental, dentre outros.

Durante o evento, os selecionados receberam o termo de outorga de apoio financeiro ao projeto de pesquisa cientifica e tecnológica, que estabelece o plano de custeio e os recursos contratados, repassados em parcela única, além do cronograma de trabalho.

Lançada no primeiro semestre deste ano, a Chamada Pública Fapesc/Fatma Nº 02/2012, teve como tema a valorização da Biodiversidade Catarinense: Unidades de Conservação dentro do Programa Biodiversidade do Estado de Santa Catarina.

Compartilhe essa notícia:
Facebook   MySpace   Twitter  Digg  Delicious  Google Bookmarks



 Últimas Notícias: 
21/7/2016
Secretário da Agricultura visita ADR Timbó em Dia de Ação do Governo
20/7/2016
Secretaria da Agricultura libera comercialização e consumo de moluscos em todo litoral catarinense
20/7/2016
Seminário do Leite reúne mais de 200 produtores em Rio das Antas
19/7/2016
Secretário da Agricultura cumpre agenda em Timbó
19/7/2016
Epagri lança novo cultivar de feijão em Chapecó
18/7/2016
Gestão das propriedades rurais é o foco do Programa Propriedade Sustentável
18/7/2016
Cidasc realiza Seminário Regional de Segurança de Alimentos
18/7/2016
Secretaria da Agricultura desinterdita área de cultivo de Praia Alegre, em Penha
15/7/2016
Secretaria da Agricultura e Souza Cruz renovam parceria do Programa Propriedade Sustentável em Santa Catarina
15/7/2016
Secretaria da Agricultura desinterdita quatro áreas do litoral catarinense


1 de 50

Fotos

Hospital

Hospital

Feagro

Rio Fortuna

Sta. Rosa
Arquivo de Fotos
 
Resolução mínima de 800x600
Centro Administrativo do Governo | Rod. SC 401 - km. 5, nº 4.600 | Florianópolis
CEP: 88032-900 | Telefone: (48) 3665-2000